Os marxistas nunca desprezaram a base familiar, tanto que tentam destruí-la a todo custo. - NOTICIAS CATÓLICAS

Os marxistas nunca desprezaram a base familiar, tanto que tentam destruí-la a todo custo.




O problema da Damares é que ela é aquelas protestantes de bom coração sem muita capacidade filosófica e teológica para lidar com questionamentos e posicionamentos de demônios progressistas vagabundos. E como praxe, todo covarde sobe em cima de quem acha inferior. Esses jornalistas e repórteres do Brasil são a escória da humanidade, tratam os cristãos de maneira absolutamente condescendente. Queria ver se colocassem alguém como o Olavo pra eles entrevistaram. Mas aí no máximo mandam uma menina que saiu das fraldas pra entrevista-lo. Aquele Merval precisa dumas aulas de história sobre a formação dos estados a partir das junções familiares. Dizer que a família não é a base do estado é tão burro que nem os marxistas mais idiotas desprezam isso, mesmo de que forma conturbada. Esse pessoal precisa de alguém pra rasgar a calça deles em público e acabar com a raça dessa joça arrogante e burra.
 Os marxistas nunca desprezaram a base familiar, tanto que tentam destruí-la a todo custo.

"Existem, de verdade, movimentos ideologicamente comprometidos com a destruição da família. De Engels, no final do século XIX – para quem o casamento monogâmico não passa de uma "forma de escravização de um sexo pelo outro" [1] –, até as autoras feministas contemporâneas – como Kate Millett, que pede o fim de tabus como "a homossexualidade" e "as relações sexuais pré-matrimoniais e na adolescência", tendo em vista o desaparecimento da família"


 É fácil criticar o Bolsonaro por essa articulação com Rodrigo Maia (que diga-se de passagem, apesar dos pesares é contra as drogas, pró vida, pró família e católico praticante), difícil é ir lá e fazer uma articulação melhor. O povo entende ZERO de política, nao sabe nem pra que é quociente eleitoral, mas quer criticar quem está há mais de 30 anos vivendo na política. Deixem o Bolsonaro Em paz! Esperem pelo menos as articulações dele darem frutos, pra depois tirarem suas conclusões.
O homem tá no terceiro dia de mandato, minha gente! Mais prudência. Confiam nele ou não



 Ele tem me apoiado ferozmente a trilhar um caminho onde eu possa ser a melhor versão de mim mesma.
Ele me anima todo dia, me dá força, me ajuda nas redes sociais, me faz sorrir!
Ontem acordou de madrugada e ficou 1 hora comigo no telefone, me fazendo companhia, enquanto eu chorava de saudades de casa, dele e do meu filho lindo. Me deu animo e conforto, até me por pra dormir pelo zap mesmo.
Hoje, deixou de consertar a roda do carro pra me mandar um dinheiro pra eu comprar um ventilador e me virar aqui em Brasília até tudo se instalar.
Ele tem sido um anjo, sempre rindo, sempre me levantando e me ponto pra cima.
É gratidão o nome?
Te amo, amor, obrigada por ser um exemplo de caridade pra mim.
0 comentários via Blogger
comentários via Facebook

Footer

Tecnologia do Blogger.