ANTES DE MORRER CRIMINOSO PEDIU ORAÇÃO PARA EVANGÉLICO E ALGO INCRÍVEL ACONTECEU - Atualidades

ANTES DE MORRER CRIMINOSO PEDIU ORAÇÃO PARA EVANGÉLICO E ALGO INCRÍVEL ACONTECEU




O caso aconteceu em Belém (PA), após suspeito e comparsas terem tentado assaltar agência do INSS (Instituto Nacional do Seguro Social). Um pedido de um assaltante, antes de morrer, está causando uma discussão nas redes sociais. Um dos suspeitos que tentou assaltar uma agência do INSS em Belém, capital do Pará, na terça-feira (16), acabou entrando em confronto com os policiais e foi baleado.

Percebendo que poderia morrer, o homem pediu para que um fiel, que passava no local após a ação, fizesse uma oração para ele.
Para alguns internautas, a ação mostra o desespero do criminoso, que pode nunca ter pensado em Deus antes. Já outros, dizem que o homem percebeu o seu grande erro e buscou, de maneira correta, o perdão da religião.
O suspeito e os outros três comparsas fracassaram no assalto ao INSS, o que acabou chamando atenção das autoridades. Em meio a troca de tiros com policiais, um acusado foi atingido, assim como outros dois companheiros de crime. Apenas um dos acusados conseguiu sobreviver. Um pastor, identificado como Zildomar Campelo, contou aos veículos de comunicação que foi informado sobre o que estava acontecendo e decidiu ir até o local conferir a ação, que acabou os policiais evitando o assalto.

O religioso disse que, chegando ao local, notou o suspeito e foi conversar com ele, que, mesmo ensanguentado, estava bastante lúcido. A conversa entre os dois durou cerca de 20 minutos. Primeiro, o pastor contou que o criminoso queria buscar perdão, não apenas de Deus e a igreja, mas também de sua mãe, que com certeza não o queria nessa vida. Zildomar também revelou que o criminoso disse que já havia ido à Assembleia de Deus daquela região com a mãe.
Nesse momento, o pastor parou tudo e fez uma oração para o suspeito.
Para o religioso, o homem queria se reconciliar com Deus antes de partir. O homem chegou a ser socorrido, mas não resistiu aos ferimentos. Zildomar afirma que entende tudo que aconteceu, principalmente que a polícia estava fazendo o seu trabalho.

No entanto, o pastor comentou que nesses momentos as pessoas querem buscar paz e reconciliação e isso os fiéis devem entender. Para o religioso, todos devem ser amados da mesma maneira diante de Deus

0 comentários via Blogger
comentários via Facebook

Footer

Tecnologia do Blogger.