Malafaia declara:“Caos social mata mais que coronavírus. Bolsonaro está correto - Atualidades

Malafaia declara:“Caos social mata mais que coronavírus. Bolsonaro está correto




A preocupação com a desordem e o caos social é o principal ponto que norteia a estratégia do presidente Jair Bolsonaro no combate ao coronavírus, de acordo com a análise do pastor Silas Malafaia.
O líder da Assembleia de Deus Vitória em Cristo (ADVEC) gravou um vídeo em que repercutiu informações do cenário em outros países, mais especificamente a Itália e Israel.

“O que é pior: coronavírus ou caos social? […] Quero mostrar dados que você ainda não ouviu. Dados oficiais do governo italiano de 17 de março. Dos milhares que morreram na Itália, só cinco homens abaixo de 50 anos e com doenças graves anteriores. Abaixo de 30 anos ninguém morreu na Itália. Lembre-se: a Itália é o país com mais idosos na Europa e o segundo do mundo”, contextualizou.

A sugestão de isolamento vertical, feita por Bolsonaro, já foi testada positivamente, disse Malafaia: “Outro dado: o governo de Israel, que fez um trabalho eficaz, [registrou] 1.700 casos e uma morte. O que eles fizeram? Isolaram os idosos de todos. Liberaram tudo, não fecharam nada”.

O pastor ponderou que não se trata de desprezar as vidas dos idosos, mas de observar que a maioria dos trabalhadores tem idade abaixo do principal grupo de risco: “Os jovens vão pegar a doença e não vai acontecer nada. E vai diminuir o efeito dela na sociedade”, ponderou.
“Quero trazer aqui para a realidade brasileira. Porque eu apoio o presidente? E o que é pior, coronavírus ou caos social? O governo americano enviou para milhares de americanos um cheque de mais de mil dólares. O presidente já insinuou que daqui a alguns dias vai abrir a economia. No Brasil, 90% da população ganha até 4 salários [mínimos], não tem dinheiro de reserva e nem alimento estocado”, afirmou o pastor.

Em seguida, Silas Malafaia criticou a postura de governadores que têm se oposto às sugestões de Bolsonaro para a contenção do novo coronavírus. Sem citar os nomes de João Doria (PSDB-SP), Wilson Witzel (PSC-RJ) e Flávio Dino (PCdoB-MA), o pastor disse que são autoridades com o bem-estar garantido, e por isso se portam de maneira populista.
“Fico indignado com esses políticos, esses politiqueiros, falando asneira. Você tem alimento estocado, não é? Mas, o pobre não tem. Daqui a pouco as empresas não têm dinheiro para pagar salário, porque está tudo fechado. Não vai ter como comprar comida! Os instintos mais veementes do ser humano são a fome e a sede. O que pode acontecer? Caos social”, disse, prevendo risco de distúrbios nas cidades.

“Caos social mata mais do que coronavírus. Nós não podemos brincar. O presidente está correto. É a escolha de Sofia: o que é que causa menos dano? E o que causa menos dano é abrir tudo. Que Deus tenha misericórdia do Brasil”, finalizou Malafaia.


Assine o Canal
ANÚNCIO


0 comentários via Blogger
comentários via Facebook

Footer

Tecnologia do Blogger.