Evangelicos de esquerda se juntam pra pedir impeachment de Bolsonaro - Atualidades

Evangelicos de esquerda se juntam pra pedir impeachment de Bolsonaro



35 organizações evangélicas se juntaram para pedir a cassação do mandato do presidente eleito Jair Bolsonaro.

Segundo o manifesto enviado ao Supremo Tribunal Federal (STF),o grupo de esquerda pede a remoção dos cargos do presidente Jair Bolsonaro e o vice Hamilton Mourão, argumentando que o representante não está a altura do cargo que ocupa.


Segundo um artigo publicado pela pesquisadora Magali do Nascimento Cunha na Revista Carta Capital, o magusto foi assinado por centenas de pessoas vinculadas a Igreja.

No ártico de Magali, a pesquisadora diz que os evangélicos e evangélicas que assinaram o manifesto estavam cobrando respostas aos eficientes dos governos e reafirmam que as igrejas devem ser responsáveis.


Essa afirmação é para que as igrejas não promovam culto públicos presenciais, abrindo seus espaços para ações de solidariedade.

Na visão do grupo, os tempos não teria cultos mas poderiam receber pessoas para reunião de outra natureza.

O Partido dos Trabalhadores (PT) chamou as bases de sua legenda para ensinar evangélicos a como ler e interpretar a Bíblia, de acordo com a ideologia do partido, que nada mais ensina prática libertárias, inclusivas e plurais em suas comunidades de fé e no mundo.

Esse parece ter sido um chamado de mobilização ao pedido de cassação do presidente pelo movimento.

O movimento ,inconformado com a derrota nas urnas na eleição de 2018, ainda pediu para que “ o Tribunal Superior Eleitoral (TSE), julgue as ações de investigação judicial e cassem a chapa de Jair Bolsonaro, por supostamente, disseminarem mentiras durante a campanha

0 comentários via Blogger
comentários via Facebook

Footer

Tecnologia do Blogger.