Pastor da Universal acha arma dentro de cesto para pedidos de orações - Atualidades

Pastor da Universal acha arma dentro de cesto para pedidos de orações



Um pastor encontrou um revólver dentro de um cesto utilizado por fiéis para deixar mensagens e pedidos de orações em uma igreja localizada na Praça Matriz, em Aparecida de Goiânia, na Região Metropolitana da capital. Em seguida, ele chamou a Polícia Militar para apreender a arma.

O caso ocorreu na tarde do sábado (30). Conforme a nota enviada pela assessoria da Igreja Universal do Reino de Deus, uma pessoa invadiu o templo em horário que não estava sendo realizado culto e deixou a arma no cesto (veja a nota na íntegra ao fim do texto).
Apesar de no registro da PM constar que a arma estava em uma lixeira, a entidade afirma que o revólver estava no cesto de pedidos.
Segundo os policiais, o revólver não possuía munições e foi encaminhado para a Polícia Civil. De acordo com o delegado responsável por investigar o caso, Kleyton Manoel Dias, até a manhã desta segunda-feira (1º), ainda não havia informações sobre quem é o dono da arma.

Por meio de nota, a Igreja Universal do Reino de Deus informou que está colaborando com as autoridades para que o responsável por ter deixado o revólver no local seja identificado

Nota da Igreja Universal do Reino de Deus

Neste sábado (30), em horário que não estava sendo realizado culto, alguém invadiu um templo da Igreja Universal do Reino de Deus no município de Aparecida de Goiânia (GO) e depositou uma arma de fogo no cesto localizado no altar -- cesto que é utilizado para receber mensagens e pedidos de orações dos frequentadores da Igreja.
Assim que o pastor responsável pelo templo encontrou o armamento, chamou a Polícia Militar pelo telefone 190. A Universal segue colaborando com as autoridades para que o responsável seja identificado.
Veja outras notícias da região em G1 Goiás.
*Jamyle Amoury é integrante do programa de estágio entre TV Anhanguera e Faculdade Sul Americana (Fasam), sob orientação de Elisângela Nascimento

0 comentários via Blogger
comentários via Facebook

Footer

Tecnologia do Blogger.