Eleições: Contra Lula e Bolsonaro as chances de Sérgio Moro aumenta - Atualidades

Eleições: Contra Lula e Bolsonaro as chances de Sérgio Moro aumenta




Até a tarde desse sábado 1º, cerca de 27 mil posts no Twitter usaram a
hashtag #ParabensMoro em mensagens ao ex-juíz da Lava-Jato e ex-ministro da Segurança Pública do governo Bolsonaro, Sergio Moro. Apesar de fazer aniversário hoje, a passagem de ano era o que menos figurava nos conteúdos dos Tweets. Em memes e montagens como ao lado do ex-presidente Lula e do presidente Jair Bolsonaro, os posts traziam mensagens que enalteciam Moro como símbolo anti-corrupção.

As mensagens são simbólicas por despontarem na mesma semana em que o procurador-geral da República, Augusto Aras, travou uma guerra com procuradores ao tentar emparedar a Lava-Jato declarando que “é hora de corrigir os rumos para que o lavajatismo não perdure”. Ontem Aras bateu boca com integrantes do Ministério Público Federal que rebateram sua fala. Além disso, é lançado virtualmente hoje o “Livro das Suspeições”, no qual 34 juristas acusam Moro e outros procuradores de parcialidade na Lava Jato.

No Twitter, no entanto, inúmeras mensagens apoiam sua conduta na operação Lava Jato e sua candidatura à Presidência em 2022. Apesar da grande repercussão de Moro na mídia, pesquisas eleitorais apontam que a legião de Bolsonaro nas redes sociais fala mais alto e ele é o favorito no pleito eleitoral. Levantamento feito no final de julho pelo Paraná Pesquisas e publicado com exclusividade por VEJA,
em uma eleição sem Lula, Bolsonaro venceria o primeiro turno com 29% dos votos, seguido por Sergio Moro com 17% dos votos. Com Lula, Bolsonaro também se sairia vencedor, com 27,5% dos votos. Nesse cenário, Moro ocuparia 21,9%. Após a publicação da pesquisa, a calorosa saudação em seu aniversário deve, no mínimo, afagar as pretensões eleitorais do ex-magistrado

0 comentários via Blogger
comentários via Facebook

Footer

Tecnologia do Blogger.