Ex-missionário evangélico se torna travesti e manda recado para pastores - Atualidades

Ex-missionário evangélico se torna travesti e manda recado para pastores



Um testemunho ao inverso do que muito evangélico está acostumado a ouvir, foi o que publicou nas redes sociais um ex-missionário que se tornou travesti.

O expregador Junior Castro, contou a sua história em um vídeo publicado em seu Instagram nesta sexta-feira (31). Júlia Helena Moreira, seu novo nome, agora é uma mulher trans, e uma militante LGBTQI+.

No vídeo de pouco mais de 8 minutos, ela conta como se tornou travesti. O interesse em contar a sua história sugiu após ela encontrar na internet vários vídeos de ex-travestis que se tornaram evangélicos e muitos até pastores.

Júlia Helena resolveu quebrar esse tabú e contar o seu “testemunho” de ex-missionário que se tornou travesti.
Júlia conta que cresceu na igreja evangélica, e também chegou a ser membro da Igreja Universal onde foi candidato a obreiro, mas foi na igreja pentecostal que através de profecia, e de revelação, acabou sendo consagrado a missionário.
No entanto, ela fala que sempre se sentiu mulher, porém na igreja “aquilo que sentia, era visto como maldição”. Com base nisso, ela acabou escondendo seus sentimentos e desejo de ser mulher.

‘Apesar do machismo predominar dentro da igrejas, de acordo com júlia’, na época ela desenvolvia atividades que custumam ser das mulheres, como: ser líder do grupo de coreografia, limpar e decorar a igreja.
Em um determinado momento do vídeo, ela aproveita para mandar um recardo para os pastores e líderes evangélicos. Júlia pedi para que os pastores chamassem para conversar aqueles membros que têm essas caractrísticas e não ingnorasse o indivídio que estar sofrendo para se assumir e ser realmente quem é.

Assista ao vídeo na íntegra.

Assista ao vídeo na íntegra.



0 comentários via Blogger
comentários via Facebook

Footer

Tecnologia do Blogger.